Jaguar, um senhor desenhista


Em 1959, o mestre Jaguar passou a fazer parte da brilhante equipe, capitaneada por Nahum Sirotsky, que criou a SR. (Senhor), uma das melhores e mais importantes revistas já editadas no Brasil. Só para se ter uma idéia da dimensão dessa publicação, basta uma rápida olhada no expediente e nas assinaturas dos textos e ilustrações para encontrar nomes como os de Paulo Francis, Carlos Scliar, Newton Carlos, Glauco Rodrigues, Caio Mourão, Rubem Braga, Antonio Callado, Fernando Sabino, Clarice Lispector, Jorge Amado, Flávio Damm, Luiz Lobo, Marcel Gautherot e tantos outros.

A capa reproduzida no alto foi criada por Jaguar para a edição de dezembro de 1959. Era o décimo número da revista, que trazia reportagens como Julião da Galiléia (quem é o homem das “ligas camponesas”), escrita por Callado, e Vinte dias de Paris, de Fernando Sabino; além de um especial sobre O nu na arte, o conto A Galinha, de Clarice Lispector, e O Maravilhoso O, de James Thurber, adaptado por ninguém menos que Ziraldo.

Jaguar tinha 27 anos quando publicou estas ilustrações e charges. Os dois desenhos de cima são da edição de outubro (número 8). O belo desenho do cavalo foi publicado assim mesmo, sobre o texto do artigo de Teófilo de Vasconcelos: Um cavalo não é um cavalo, não é um cavalo. A charge de baixo foi publicada em dezembro. A revista SR. era, também, um deleite para os olhos!

Clique nas imagens para ampliá-las em boa resolução.

Anúncios

Jerry Seinfeld paga mico em Cannes

Jerry Seinfeld promove Bee Movie em Cannes 
No dia 17 de maio Jerry Seinfeld fez uma maluquice em Cannes, que já é um evento onde acontecem mesmo coisas extraordinárias. Vale tudo para promover um filme durante o festival mais charmoso do cinema e Jeffrey Katzenberg, CEO da DreamWorks, pegou bem o espírito da coisa ao propor para Seinfeld que ele saltasse do alto do sofisticado hotel Carlton Beach Pier vestido de abelha para promover Bee Movie, a próxima animação do estúdio, que também é responsável pelo megasucesso Shrek.

Claro que tudo foi feito com a maior segurança. O humorista estava pendurado em cabos de aço que o fizeram “voar” até a praia sendo observado por uma multidão de curiosos e fotógrafos de todo o mundo. Veja a foto acima (clique nela para ampliá-la): Seifeld estava no topo do prédio e as pessoas podiam acompanhar essa maluquice toda através de um telão. Foi um grande mico, mas certamente valeu a pena.

Olha só a cara de pânico de SeinfeldSeinfeld comentou que nunca havia feito nada parecido e que deu medo antes de pular (veja a foto ao lado… clique nela para ampliar), “mas depois que se está voando, é legal!”. Chris Rock, que também dubla um personagem, estava em Cannes e disparou: “Senhoras e senhores, vocês acabam de testemunhar a pura estupidez de uma pessoa que chamávamos de gênio!”

Mas Seinfeld tem o maior interesse em divulgar o filme, afinal, além de dublar o personagem principal, ele escreveu e produziu Bee Movie. E não brinca em serviço: ao escolher o elenco de vozes, recrutou Renne Zellweger, Matthew Broderick, Sting, Ray Liotta e Katty Bates, além de Chris Rock. Pessoal fera.

Para ver as fotos do vôo de Seinfeld, clique aqui. Ou veja as mesmas fotos numa apresentação de slides, clicando aqui. E não deixe de visitar o site oficial: lá você pode assistir a três trailers muito loucos.

Daqui a dez anos você pode ser o Homem-Aranha!

Cena do filme O Homem-Aranha 3A Agência France Presse distribuiu, na semana passada, uma notícia interessante que foi publicada por diversos veículos na internet. Segundo a agência, um grupo de pesquisadores italianos afirma que dentro de dez anos certas façanhas do cabeça de teia poderão ficar ao alcance do mais comum dos mortais. Leia o texto completo escolhendo um dos links abaixo (as matérias são praticamente iguais), ou então clique em todos e compare-os:
Terra – Ciência e Meio Ambiente
Folha Online
G1 – Tecnologia / Aplicações
Para ampliar a imagem acima – uma cena do filme que estréia amanhã – basta clicar nela.

Qual a melhor?

James Bond e JinxCom a estréia do novo filme do James Bond, andam aparecendo pela internet várias listas de Melhores e Piores. Duas interessantes podem ser conferidas nos sites da NBC e da revista Entertainment Weekly: eles estão preocupados em descobrir qual a melhor Bond girl. O que você acha destas listas? Qual a melhor Bond girl afinal? Será que conseguiremos viver sem essa resposta?
Para baixar papéis de parede de James Bond, clique na imagem ao lado.

Mais duas fotos do “Álbum de Família”

Com estas duas, encerro a publicação da série de fotos que selecionei na página Álbum de Família da Edição Comemorativa do Cinqüentenário de Publicação do Suplemento Infantil de A Nação:
Adolfo Aizen, Austregésilo de Athayde e Josué Montell
Adolfo Aizen, Austregésilo de Athayde e Josué Montello

Aizen é premiado na Academia Brasileira de Letras. Eis a legenda publicada:
A Medalha Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras é entregue a Adolfo Aizen pelo presidente daquela instituição, Dr. Austregésilo de Athayde. Ao lado, o acadêmico Josué Montello.
Clique aqui para ampliar a foto.

Adolfo Aizen e Monteiro Filho
Com Monteiro Filho, em 1984

Aizen aparece ao lado do grande desenhista Monteiro Filho, nesta foto de 1984. A legenda publicada na página Álbum de Família é a seguinte:
15 dias antes da impressão desta Edição Comemorativa do Cinquentenário, Adolfo Aizen e A. Monteiro Filho são fotografados, no museu de HQ da Ebal, por Ywaltair de Barros Muniz (35 anos trabalhando na Editora Brasil-América).
Clique aqui para ampliar a foto.

Adolfo Aizen e Herbert Moses

O grande jornalista Herbert Moses, então presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), aparece na foto publicada na página “Álbum de Família” da Edição Comemorativa do Cinqüentenário de Publicação do Suplemento Infantil do jornal carioca A Nação, ao lado de Adolfo Aizen, num jantar oferecido ao futuro criador do Suplemento Juvenil.Herbert Moses presente ao jantar em homenagem a Adolfo Aizen
Clique aqui para ampliar a foto

Na legenda, lê-se o seguinte:
Jantar oferecido a Adolfo Aizen, pelos seus amigos, no Bar das Flores, em agosto de 1933. Razão: escolha do seu nome pelo Comitê de Imprensa do Touring Club do Brasil, para uma viagem aos Estados Unidos, representando os jornais e revistas do País. Sentados, da esquerda para a direita: Harold Daltro, Hildebrando de Lima, Povina Cavalcanti, Herbert Moses, Adolfo Aizen (o homenageado), Afonso Costa, Berilo Neves, Ribeiro Couto, Paulo Magalhães. De pé, na mesma ordem: Abellard Filho, Amorim Neto, R. Magalhães Júnior, Márcio Reis e Walter Bellucci.

Um grande ator

Raul Cortez em A Rainha da SucataO desenho ao lado, que fiz do Raul Cortez, foi publicado no dia 8 de julho de 1990 na Revista da Tevê, do jornal O Globo, onde trabalhei por 11 anos. A nota que essa charge ilustrava fazia alusão à participação do ator em um grande sucesso da Globo, a novela Rainha da Sucata. Abaixo reproduzo o texto publicado à época.

Raul nasceu no dia 28 de agosto de 1932 e morreu ontem, dia 18. Publiquei em outro blog que mantenho, uma pequena homenagem ao grande ator. Para ir ao outro blog, clique aqui.

Para ampliar a imagem ao lado, clique aqui.

• Um grande susto aguarda Jonas em Rainha da Sucata: todos os disquetes do computador que usa em suas investigações serão roubados. Mas o responsável por isto, Renato (Daniel Filho) terá uma grande decepção ao tentar desvendar o mistério do mordomo do computador da Do Carmos Veículos. “E o que deixará o telespectador intrigado é a rapidez com que o meu personagem vai recuperar os disquetes, mantendo, assim, o segredo que o vincula aos Figueiroa”, adianta Raul Cortez. O ator já está pensando em ter aulas de computação para dar mais realismo às cenas de Jonas: “Além do tarô e do japonês, acho que vou inserir mais essa atividade na minha agenda.” E brincou: “Só fico imaginando o que não faria o Jofre, meu vilão em A, E, I, O… Urca, se tivesse uma maquininha dessas nos anos 40…”