007 se deu bem na Europa

Bond e Camille - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃO
Recebi um texto de divulgação para imprensa do novo filme do agente 007 dias antes de sua estréia no Brasil. O release continha, basicamente, o seguinte conteúdo:

Estréia de 007 Quantum of Solace na Europa bate recordes
Bond e Camille - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃOAntes de chegar aos cinemas norte-americanos e do Brasil, 007 Quantum of Solace, a nova aventura do agente secreto mais famoso do cinema, James Bond, já é sucesso absoluto batendo recordes históricos no mercado internacional.

O retorno do agente em 007 Quantum of Solace duas semanas antes da estréia do James Bond nas ruas do Haiti - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃOfilme nos Estados Unidos e no resto do planeta garantiu à Sony Pictures/MGM, no último final de semana, uma espetacular bilheteria de US$ 38,6 milhões em 2.123 salas de apenas três países: Reino Unido, França e Suécia. A informação foi divulgada com destaque pela prestigiada revista americana da indústria do entretenimento Variety.

Nos cinemas britânicos, 007 Quantum of Solace arrecadou US$ 25,3 milhões em 1.150 salas, entrando para a história ao bater o recorde de todos os tempos para os três primeiros dias de uma estréia, que era de Harry Potter e o Cálice de Fogo. No Reino Unido, o novo blockbuster estrelado por Daniel Craig como James Bond, registrou a impressionante marca de 70% da bilheteria acumulada por todos os filmes em cartaz em seus cinemas no período. (…) O sucesso de 007 Quantum of Solace na França também já entrou para a história. Com arrecadação de US$ 10,6 milhões, o Bond e Camille - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃOfilme bateu o recorde de maior bilheteria para os três primeiros dias de uma estréia, chegando a ultrapassar em 16% a já fantástica marca obtida pelo filme anterior da franquia Bond, 007 Cassino Royale (Casino Royale) no período superior de cinco dias.

A estréia de 007 Quantum of Solace na Suécia foi mais uma prova do potencial blockbuster do filme nos cinemas. O longa-metragem registrou renda de US$ 2,7 milhões, ocupando a posição de quarta maior estréia de toda a história nos cinemas naquele país. Nesses três países, 007 Quantum of Solace obteve uma fenomenal média por sala de US$ 18.181,00.

Para conferir o trailer legendado da continuação de 007 Cassino Royale, visite o site oficial do filme no Brasil ou .
Para ler tudo o que foi publicado sobre James Bond neste blog, . Para ver papéis de parede com o personagem,

Crédito das fotos: Karen Ballard. Quantum of Solace © 2008 Danjaq, LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries, Inc. All Rights Reserved.

A única vítima de James Bond

CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃO
A mocinha aí de cima, ao lado do James Bond, é a esforçada agente Fields. Sua aparição no novo filme do agente secreto, que estréia amanhã nos cinemas de todo o mundo (inclusive no Brasil), é bem curta e, praticamente, limita-se a… digamos… ser a única vítima de Bond (se é que vocês me entendem…) nesta aventura. Ao mesmo tempo Fields também é protagonista de uma pequena homenagem que os produtores fazem a um antigo e ótimo filme do bom e velho James Bond: 007 Contra Goldfinger. Não é à toa que petróleo também é chamado de ouro negro.

A atriz Gemma Arterton, que intrepreta a dedicada agente, está em cartaz nos cinemas do Brasil, no filme Rocknrolla, A Grande Roubada, que teve um desempenho pífio nas bilheterias do Brasil e, principalmente, dos Estados Unidos, e também está nas filmagens da superprodução Prince of Percia, que estréia somente em 2010.

Thor é James Bond?

O Poderoso Thor no traço de Jack Kirby - CLIQUE PARA AMPLIAR O DESENHOSerá que os produtores do filme Thor, baseado no personagem da Marvel, tentaram dar um susto nos fãs? Adivinhe quem estava sendo sondado para interpretar o Deus do Trovão? Ele mesmo: Daniel Craig, o ator que está James Bond nos novos filmes do agente secreto. Agora pergunto: onde será que os executivos da Marvel estavam com a cabeça quando tiveram essa idéia de jerico? Daniel Craig como Thor?!!! Eles enlouqueceram? Já não basta Craig descaracterizar James Bond? Será que eles não viram o estrondoso fracasso dos dois filmes que o ator estrelou depois de 007-Cassino RoyaleInvasores (The Invasion) e A Bússula de Ouro (The Golden Compass) tiveram desempenhos medíocres nas bilheterias dos Estados Unidos!

A boa notícia é que ele não poderá assumir esse compromisso justamente porque sua agenda para filmar o agente que tem permissão para matar não permite. O ator que acertar com a Marvel para encarnar o Thor tem que ter espaço em sua agenda para aparecer, também, no filme dos Vingadores (The Avengers) e, talvez, fazer uma ponta em Capitão América: O Primeiro Vingador e Homem de Ferro 2.

A outra boa notícia é que o diretor especialista em Shakespeare, Kenneth Branagh, será o diretor do filme. Tomara que ele ache o tom certo (e grandioso) para o personagem.

…Fico imaginando Craig correndo por aí com cabelo comprido e segurando o Mjölnir! Que pesadelo!

Para baixar papéis de parede com o Deus do Trovão, . Para ver todos os papéis de parede com os personagens da Marvel publicados neste blog, . Para ler mais sobre os filmes da Marvel, .

007, a primeira exibição

Olga Kurylenko manda bala - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO
Ontem aconteceu a primeira exibição do filme 007 – Quantum of Solace no Brasil: foi uma seção exclusiva para jornalistas e exibidores, em São Paulo, mais precisamente, Bond e Camille - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃOno Kinoplex Itaim, da rede Severiano Ribeiro, exibidora 100% brasileira que está completando 91 anos de fundação. Hoje, acontece a segunda exibição e será no Rio de Janeiro. Estas foram as duas únicas sessões antes da pré-estréia do filme nos cinemas brasileiros.

Como todos sabem, o filme é a continuação de 007 Cassino Royale, a primeira aventura do agente secreto e o filme que reiniciou a franquia, incluindo diversas novidades na série sem, no entanto, mexer em algumas de suas características fundamentais. Mas, uma coisa que me deixa absolutamente intrigado nesta continuação é: Por que, cargas d’água, mantiveram o nome original do filme? O que será que houve? Falta de criatividade da Sony, no Brasil, para criar uma adaptação para “Quantum of Solace” ou obrigação contratual para se manter o nome original? Quando descobrir, contarei… Sobre o filme, falarei em uma postagem futura. Mas já adianto que ele é bom… não tão bom quanto o primeiro, mas é bom. Se bem que a abertura – peça fundamental nos filmes do agente secreto – não está lá grande coisa. Mas, se serve de consolo, a bond-girl é Olga Kurylenko (foto do alto), um colírio para os olhos…
CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃO
 para ler mais. para ver papéis de parede de 007
CRÉDITO DAS FOTOS: Karen Ballard e Susie Allnutt.
Quantum of Solace © 2008 Danjaq, LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries, Inc. All Rights Reserved.
Clique nas fotos para ampliá-las.

Esqueça James Bond

Nem tudo é o que pareceAssisti nesta quinta, numa cabine para jornalistas, ao novo filme de James Bond – 007 Cassino Royale – e, conforme já esperava, Daniel Craig é tudo o que se pode esperar de um ator que nunca deveria interpretar o agente secreto. Ele faz uma cena de amor da mesma forma em que duela, nas cartas, com seu inimigo. Falta ao ator o charme que nos acostumamos a ver no personagem (além disso, ele passa o tempo todo fazendo beicinho, tenha dó!). Mas, exceto pelo beicinho, tudo parece ser proposital. E, ao contrário do que se poderia supor, o filme é excelente! Porém, ao entrar no cinema, esqueça o bom e velho James Bond e assista a um ótimo filme de ação.

Cassino Royale é o primeiro livro de Ian Fleming sobre o agente secreto. E esta adaptação para o cinema marca uma ruptura com tudo o que nos acostumanos a ver numa aventura do mais carismático dos agentes. Mudaram a abertura; a música-tema do personagem não toca durante o filme, ficando sempre numa sutil insinuação até chegar ao fim esclarecedor; não há fantásticos gadgets e até as mulheres não são comparáveis às estontentes Ursula Andress e Halle Berry (só para citar dois exemplos).

Os produtores Michael G. Wilson e Barbara Broccoli resolveram começar de novo, aproveitando o gancho do livro. Aqui, Bond é um agente recém-promovido e há muitas dúvidas sobre sua capacidade de ser bem sucedido devido à sua arrogância e inexperiência. 007 Cassino Royale nos mostra também um personagem falível e nos dá novas facetas psicológicas do agente. Tudo isso conspira para poupar Daniel Craig das críticas, já que muitos o estão achando o melhor James Bond depois de Sean Connery. Tudo bem, vá ao cinema e tire sua conclusão. Para mim ele continua sendo impensável para o papel.

Outra coisa que não dá para aceitar, é a permanência de Judi Dench como “M”. Já que era para mudar tanto, ela deveria ter sido trocada também. Mas, ao que parece, o destino de 007 Cassino Royale já estava traçado, afinal Clive Owen foi um dos atores cogitados para interpretar Bond, o que não seria uma boa opção (mas Daniel é desesperadamente pior, sem dúvida).

Sebastien Foucan é Mollaka - CLIQUE PARA AMPLIARPorém, temos que concordar que as quase três horas de filme são garantia de diversão sem carros invisíveis e avalanches espetaculares (dois grandes pecados do último filme de Pierce Brosnam na pele do agente em 007 – Um Novo Dia Para Morrer). Ao invés de espetaculares perseguições com carros, com esquis na neve, tanques ou lanchas, a primeira grande cena de ação é de tirar o fôlego e é justamente uma perseguição… a pé! E haja parkour! Antológica!

Ah, e se você está pensando que a foto que abre este texto (lá em cima) é uma cena do filme, está enganado. Graic está também com essa cara de não-Bond no filme Nem Tudo é o que Parece (Layer Cake), onde faz o papel de XXXX (é isso mesmo: XXXX), um sujeito que fez fortuna negociando cocaína e ecstasy. Belo antecedente!

Faça download de papéis de parede de James Bond 007, clicando aqui.