Efeito Tropa de Elite em Wolverine!

Logan's run! Crédito da foto: James Fisher - CLIQUE AQUI PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM BOA RESOLUÇÃO
O vazamento do filme X-Men Origens: Wolverine na internet está fazendo com que esta produção se torne um novo fenômeno cinematográfico, mesmo que caminhando por vias tortuosas. Algo semelhante ao que aconteceu com o violento Tropa de Elite, filme nacional que ganhou enorme repercussão depois que cópias piratas passaram a circular no mercado antes do lançamento do filme nos cinemas. Na época houve até quem pensasse que o vazamento havia CLIQUE AQUI PARA AMPLIAR ESTE POSTER EM BOA RESOLUÇÃOsido proposital, uma “jogada de marketing” para promover o filme, tamanho foi o seu sucesso nos cinemas e o resultado nas bilheterias. Mas acredite: não existe diretor de marketing tão ousado assim, que consiga entender como funciona e como trabalhar com esta nova realidade midiática chamada “internet”.

As distribuidoras – principalmente no Brasil – ainda não sabem como administrar e divulgar seus produtos pela internet. Estão apenas dando os primeiros passos, lentos e graduais. Muitas empresas aqui não vêem os blogs e a internet com bons olhos e fazem o que podem para segurar até o último minuto fotos de produção, imagens, trailers. É algo incompreensível, é verdade. Afinal a internet é uma mídia espetacular e que consegue multiplicar com extrema rapidez uma informação. Mas é preciso coragem e competência para saber utilizar as ferramentas que a internet disponibiliza. E o produto tem que ser necessariamente bom. Ou alguém acredita que se Tropa de Elite não fosse um filme tão bom, ele teria se tornado um fenômedo de bilheteria?
Ryan Reynolds é Wade Wilson, o matador conhecido como Deadpool. Crédito da foto: James Fisher. CLIQUE AQUI PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM BOA RESOLUÇÃO
Agora a história parece se repetir com X-Men Origens: Wolverine. Apesar de a Fox garantir que o filme que circula pela internet ainda não estar finalizado com todas as cenas e sem diversos efeitos especiais, o jornalista que publicou uma resenha sobre o filme (e foi demitido por causa disso) simplesmente adorou a produção. “Fiquei com os olhos grudados na tela”, escreveu. Esse foi um grande elogio que está sendo dilvulgado por diversos meios. E, certamente todos esses fãs ansiosos que não conseguem aguardar a estréia nos cinemas e assistem uma cópia semi-acabada também farão um boca-a-boca espetacular.
Logan (Hugh Jackman) e Victor (Liev Schreiber) enfrentam o pelotão de fusilamento. Crédito da foto: James Fisher - CLIQUE AQUI PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM BOA RESOLUÇÃO
E você acha que a maioria dessas pessoas que já assistiram essa cópia não irão ver o filme novamente nos cinemas? É claro que sim. Isso não se trata de apologia à pirataria, mas o público está mudando e o que é bom não corre o risco de ficar no prejuízo. Se o filme sobre a origem do Wolverine for realmente bom (como mostram os trailers e o material de divulgação), vai fazer sucesso nos cinemas e vai vender muito bem em dvd, apesar de tudo! Eu, particulamente, gosto de ver cinema no cinema. Assistir a um filme que ainda não está acabado, nem pensar! Mas também sei que muitos assistem antes do lançamento apenas pelo prazer de estar entre os primeiros e, até mesmo, pela voracidade com que vivem consumindo novidades.

A Fox colocou o FBI atrás dos culpados pelo vazamento. No final, talvez eles tenham que agradecer pelo grande espaço a mais que X-Men Origens: Wolverine ganhou na mídia. A curiosidade está lançada!
Victor Creed, o Dente de Sabre (Liev Schreiber), meio-irmão de Wolverine. Crédito da foto: James Fisher - CLIQUE AQUI PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM BOA RESOLUÇÃO
As fotos que ilustram este texto podem ser ampliadas. Para ler mais, ver mais fotos e assistir aos trailers de X-Men Origens: Wolverine, . Baixe também papéis de parede.

X-Men Character Likenesses TM & Copyright 2009 Marvel Characters, Inc. All rights reserved. TM and Copyright 2009 Twentieth Century Fox Film Corporation. All rights reserved.

Anúncios

Oia nóis na Mad!

Mad, nº 5 - CLIQUE PARA AMPLIAR A CAPANesta semana chega às bancas o quinto número da revista Mad, da Panini, com uma novidade: participamos da edição com duas páginas! E com chamada de capa! Tudo começou quando o antológico editor e cartunista Ota viu o hotblog* que fiz para comemorar o lançamento do filme Batman – O Cavaleiro das Trevas. Lá publiquei fotos de diversas personalidades brasileiras (e duas da América Latina) pintadas com aquela cara simpática e bem-humorada do Coringa. Ele gostou pacas e me encomendou novas caretas com a marca do Palhaço do Crime. Assim, selecionamos algumas já publicadas no hotblog e escolhemos as próximas vít… hã… as próximas personalidades homenageadas.

Hoje, publiquei no blog uma das fotos que estarão na próxima edição da Mad: a do Daniel Dantas. Mas, a revista traz outras caras hilariantes! Imagine o Capitão Nascimento, de Tropa de Elite, com a marca do Coringa? E o Tuco, da Grande Família? Pois pode se preparar para conferir os dois na revista. Além deles, estão na matéria “Quem será o próximo Coringa?“, outros nomes da pesada: Zeca Pagodinho, Mr. Bean, Bono (do U2, claro), Indiana Jones, Obama, Kung Fu Panda e o famoso Homer Simpson! E atenção fãs do Lost (alguém ainda acompanha Lost?): um dos personagens do seriado também marca presença na Mad! Quem será?

*Não existe hotsite? Então… criei um hotblog, que é temporário e temático…
Quer baixar um papel de parede com a imagem desta capa da MAD? Então CLIQUE AQUI

A tropa de elite do cinema nacional

José Padilha no set de filmagem de Tropa de Elite
A despeito de todas as críticas, o filme Tropa de Elite conseguiu mais uma grande vitória para o novo cinema brasileiro, ao ser premiado, ontem, com o Urso de Ouro no 58º Feltival de Cinema de Berlim - PosterFestival de Berlim. Dez anos depois que Central do Brasil ganhou o prêmio máximo no festival que é um dos mais importantes do mundo, o filme de José Padilha repete o feito. Só faltou Wagner Moura ganhar o prêmio de Melhor Ator, para que a festa fosse igual à de 1998, quando Fernanda Montenegro também foi premiada.

Entre os textos depreciativos, está a resenha pouco amigável de Jay Weissberg, publicada na revista Variety, que chamou o filme de “facista”. Fica claro que Weissberg não sabe o que significa essa palavra, que hoje em dia é usada de maneira pouco apropriada para qualificar muitas coisas.

Wagner Moura - Clique para ampliarJá a Hollywood Reporter publicou que “o pressuposto básico do roteiro escrito por Padilha, Rodrigo Pimentel e Bráulio Mantovani é que todo mundo no Rio é corrupto, especialmente as autoridades”. Evidentemente o autor do texto não conhece o Rio de Janeiro. Certamente ele está mais familiarizado com Berlim ou Los Angeles. Só quem mora no Rio pode entender o clima de guerra, insegurança e corrupção denunciados em Tropa de Elite. E os cidadão cariocas são as maiores vítimas do caos que impera numa cidade, hoje em dia, nem tão maravilhosa assim.

Mas a imprensa internacional não foi unânime. Muitos também elogiaram a produção, como pode ser lido neste texto de Silvana Arantes, da Folha de S.Paulo. De qualquer maneira, o fenômeno Tropa de Elite só confirma que esta geração de diretores, Clique para ver wallpapers de Tropa de Eliteprodutores e técnicos, pode ser chamada de a verdadeira tropa de elite do novo cinema nacional!

Para comemorar o prêmio máximo de Tropa de Elite em Berlim, fiz seis papéis de parede com imagens de divulgação do filme, que podem ser conferidos e baixados aqui.

Leia mais sobre a premiação em Berlim, visitando os seguintes sites:
> Página especial do 58º Festival de Berlim no portal Terra.
> Texto do crítico de cinema Luiz Carlos Merten no site do jornal O Estado de S.Paulo. Leia também os textos postados diretamente de Berlim pelo crítico em seu blog.
> Texto de Eurico de Barros para o jornal Diário de Notícias, de Portugal.
> Urso de Ouro é vitória para diretores brasileiros, diz Padilha (O Estado de S.Paulo)
> Prêmio a Tropa de Elite é visto como desforra após críticas (de Fernanda Ezabella, para a Reuters)

Padilha recebe o Urso de Ouro em BerlimLeia estes textos publicados no portal de notícias do G1:
> José Padilha diz que foi ‘mal interpretado’
> Entenda a situação de Tropa de Elite no Oscar
> Cineastas dizem que prêmio de Tropa favorece o cinema nacional
> ‘A equipe não esperava’, diz roteirista de Tropa de Elite sobre prêmio
> Variety aponta fascismo em Tropa de Elite

Leia também:
> Tropa de Elite não é elogio à brutalidade (Texto de Andrei Khalip, da Reuters; publicado em O Globo Online)
> Eu ainda não vi… Ótimo artigo de Artur Xexéo sobre o filme.
> Tropa de Elite de José Padilha explica por que polícia “é o que é” (Texto de Silvana Arantes na Folha de S.Paulo)
> Há 10 anos, Central do Brasil foi primeiro filme brasileiro a ganhar o Urso de Ouro (Folha Online)

Visite os sites oficiais do filme Tropa de Elite e do Festival de Berlim. E o Blog Oficial Wagner Moura.