007 se deu bem na Europa

Bond e Camille - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃO
Recebi um texto de divulgação para imprensa do novo filme do agente 007 dias antes de sua estréia no Brasil. O release continha, basicamente, o seguinte conteúdo:

Estréia de 007 Quantum of Solace na Europa bate recordes
Bond e Camille - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃOAntes de chegar aos cinemas norte-americanos e do Brasil, 007 Quantum of Solace, a nova aventura do agente secreto mais famoso do cinema, James Bond, já é sucesso absoluto batendo recordes históricos no mercado internacional.

O retorno do agente em 007 Quantum of Solace duas semanas antes da estréia do James Bond nas ruas do Haiti - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃOfilme nos Estados Unidos e no resto do planeta garantiu à Sony Pictures/MGM, no último final de semana, uma espetacular bilheteria de US$ 38,6 milhões em 2.123 salas de apenas três países: Reino Unido, França e Suécia. A informação foi divulgada com destaque pela prestigiada revista americana da indústria do entretenimento Variety.

Nos cinemas britânicos, 007 Quantum of Solace arrecadou US$ 25,3 milhões em 1.150 salas, entrando para a história ao bater o recorde de todos os tempos para os três primeiros dias de uma estréia, que era de Harry Potter e o Cálice de Fogo. No Reino Unido, o novo blockbuster estrelado por Daniel Craig como James Bond, registrou a impressionante marca de 70% da bilheteria acumulada por todos os filmes em cartaz em seus cinemas no período. (…) O sucesso de 007 Quantum of Solace na França também já entrou para a história. Com arrecadação de US$ 10,6 milhões, o Bond e Camille - CLIQUE PARA AMPLIAR ESTA FOTO EM ÓTIMA RESOLUÇÃOfilme bateu o recorde de maior bilheteria para os três primeiros dias de uma estréia, chegando a ultrapassar em 16% a já fantástica marca obtida pelo filme anterior da franquia Bond, 007 Cassino Royale (Casino Royale) no período superior de cinco dias.

A estréia de 007 Quantum of Solace na Suécia foi mais uma prova do potencial blockbuster do filme nos cinemas. O longa-metragem registrou renda de US$ 2,7 milhões, ocupando a posição de quarta maior estréia de toda a história nos cinemas naquele país. Nesses três países, 007 Quantum of Solace obteve uma fenomenal média por sala de US$ 18.181,00.

Para conferir o trailer legendado da continuação de 007 Cassino Royale, visite o site oficial do filme no Brasil ou .
Para ler tudo o que foi publicado sobre James Bond neste blog, . Para ver papéis de parede com o personagem,

Crédito das fotos: Karen Ballard. Quantum of Solace © 2008 Danjaq, LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries, Inc. All Rights Reserved.

Anúncios

A tropa de elite do cinema nacional

José Padilha no set de filmagem de Tropa de Elite
A despeito de todas as críticas, o filme Tropa de Elite conseguiu mais uma grande vitória para o novo cinema brasileiro, ao ser premiado, ontem, com o Urso de Ouro no 58º Feltival de Cinema de Berlim - PosterFestival de Berlim. Dez anos depois que Central do Brasil ganhou o prêmio máximo no festival que é um dos mais importantes do mundo, o filme de José Padilha repete o feito. Só faltou Wagner Moura ganhar o prêmio de Melhor Ator, para que a festa fosse igual à de 1998, quando Fernanda Montenegro também foi premiada.

Entre os textos depreciativos, está a resenha pouco amigável de Jay Weissberg, publicada na revista Variety, que chamou o filme de “facista”. Fica claro que Weissberg não sabe o que significa essa palavra, que hoje em dia é usada de maneira pouco apropriada para qualificar muitas coisas.

Wagner Moura - Clique para ampliarJá a Hollywood Reporter publicou que “o pressuposto básico do roteiro escrito por Padilha, Rodrigo Pimentel e Bráulio Mantovani é que todo mundo no Rio é corrupto, especialmente as autoridades”. Evidentemente o autor do texto não conhece o Rio de Janeiro. Certamente ele está mais familiarizado com Berlim ou Los Angeles. Só quem mora no Rio pode entender o clima de guerra, insegurança e corrupção denunciados em Tropa de Elite. E os cidadão cariocas são as maiores vítimas do caos que impera numa cidade, hoje em dia, nem tão maravilhosa assim.

Mas a imprensa internacional não foi unânime. Muitos também elogiaram a produção, como pode ser lido neste texto de Silvana Arantes, da Folha de S.Paulo. De qualquer maneira, o fenômeno Tropa de Elite só confirma que esta geração de diretores, Clique para ver wallpapers de Tropa de Eliteprodutores e técnicos, pode ser chamada de a verdadeira tropa de elite do novo cinema nacional!

Para comemorar o prêmio máximo de Tropa de Elite em Berlim, fiz seis papéis de parede com imagens de divulgação do filme, que podem ser conferidos e baixados aqui.

Leia mais sobre a premiação em Berlim, visitando os seguintes sites:
> Página especial do 58º Festival de Berlim no portal Terra.
> Texto do crítico de cinema Luiz Carlos Merten no site do jornal O Estado de S.Paulo. Leia também os textos postados diretamente de Berlim pelo crítico em seu blog.
> Texto de Eurico de Barros para o jornal Diário de Notícias, de Portugal.
> Urso de Ouro é vitória para diretores brasileiros, diz Padilha (O Estado de S.Paulo)
> Prêmio a Tropa de Elite é visto como desforra após críticas (de Fernanda Ezabella, para a Reuters)

Padilha recebe o Urso de Ouro em BerlimLeia estes textos publicados no portal de notícias do G1:
> José Padilha diz que foi ‘mal interpretado’
> Entenda a situação de Tropa de Elite no Oscar
> Cineastas dizem que prêmio de Tropa favorece o cinema nacional
> ‘A equipe não esperava’, diz roteirista de Tropa de Elite sobre prêmio
> Variety aponta fascismo em Tropa de Elite

Leia também:
> Tropa de Elite não é elogio à brutalidade (Texto de Andrei Khalip, da Reuters; publicado em O Globo Online)
> Eu ainda não vi… Ótimo artigo de Artur Xexéo sobre o filme.
> Tropa de Elite de José Padilha explica por que polícia “é o que é” (Texto de Silvana Arantes na Folha de S.Paulo)
> Há 10 anos, Central do Brasil foi primeiro filme brasileiro a ganhar o Urso de Ouro (Folha Online)

Visite os sites oficiais do filme Tropa de Elite e do Festival de Berlim. E o Blog Oficial Wagner Moura.